02/01/2013 08:30

Ciclistas cobram mais espaço em São Paulo

A criação de uma ciclovia na Avenida Paulista foi exigida na posse do novo prefeito da cidade

Por: Juca Guimarães
juca.guimaraes@diariosp.com.br

* Atualizado às 15h48 de 02/01/2013

Em meio à festa de posse do prefeito Fernando Haddad (PT), um grupo de ciclistas fez um protesto bastante barulhento em frente à sede do governo municipal.

Cicloativistas de várias regiões da cidade pediram a criação de uma ciclovia na Avenida Paulista e a ampliação dos espaços para os usuários de bicicletas na cidade. “As ciclofaixas não podem ser apenas uma opção de lazer aos domingos. Elas devem funcionar de segunda a segunda”, afirmou Daniel Aymoré Ferreira, médico e um dos organizadores do protesto.

O grupo pediu a criação de um conselho municipal de transportes. Segundo os ciclistas, a PM agiu com truculência e impediu a entrada deles na Câmara para ver a posse.

A Polícia Militar divulgou uma nota sobre a denúncia dos ciclistas:

"A Polícia Militar é uma Instituição legalista e não admite desvios de conduta, a atuação da Polícia Militar hoje, visou a preservação da Ordem Pública.

Todas as ações tomadas foram legítimas, no entanto, qualquer manifestante que se sentiu ofendido ou lesionado poderá registrar sua queixa na Corregedoria da Polícia Militar, sito a Rua Alfredo Maia, 58- Bairro da Luz."

Efeito Bumerangue
A foto do prefeito Haddad, então candidato, segurando uma camiseta do movimento social pela canalização de  um córrego em São Mateus, na Zona Leste, foi usada no adesivo de protesto pela conclusão da obra.  Os artefatos foram colados perto da Prefeitura mas, em minutos, retirados por uma equipe da limpeza pública.


Compartilhe: