21/11/2013 06:00

Fogo destrói parte de estoque de fábrica

Pelo menos 120 mil litros de água foram usados pelos Bombeiros para controlar as chamas por 3 horas


Ao menos seis viaturas dos bombeiros foram deslocadas para apagar o fogo / Assis Cavalcante/Ag. Bom Dia


Na quente tarde desta quarta-feira (20) em Sorocaba, mais uma empresa sofreu com incêndio. Uma indústria especializada em embalagens para ovos, a Sanovo, localizada na avenida Três de Março, Jardim Jockey Clube, início da região da zona industrial da cidade, foi atingida pelas chamas que consumiram boa parte de um material de papel, situada numa parte externa. 

Ninguém chegou a ficar ferido e a brigada de incêndio da empresa ajudou a combater o fogo, que se alastrou. 

Ao menos seis viaturas do Corpo de Bombeiros foram ao local lutar contra o incêndio, que começou por volta das 13h. 

Quase três horas depois, ainda havia muita fumaça no lugar e os bombeiros ainda não tinham finalizado os trabalhos. Foram precisos mais de 120 mil litros de água para apagar tudo. 

Não se sabe como o fogo começou. A área atingida é de 400 metros quadrados e a suspeita é que o incêndio tenha sido criminoso. Câmeras de monitoramento da empresa podem ajudar nas investigações.

O fogo queimou grande parte do setor de armazenamento de matéria-prima (papéis recicláveis usados para a fabricação das caixas) todas acondicionadas em áreas abertas. Nenhum funcionário da Sanovo quis fazer qualquer declaração a respeito se houve feridos ou como começou o fogo. 

Pessoas que trabalham nos arredores da empresa de embalagem disseram que não é a primeira vez que acontecem incêndios na empresa. A avenida Paulo Varchavtchick também faz paralelo à empresa e a fumaça estava obstruindo grande parte da via.

Ainda nesta quarta-feira, o Corpo de Bombeiros atendeu um chamado para controlar um incêndio em um carro na Vila Angélica. Ele estava quebrado e parado há dias em frente da casa onde mora, na Rua José Hannickel. O fogo foi controlado e não houve vítimas.

No dia 21 de agosto, um incêndio atingiu um depósito de algodão de uma empresa que fabrica roupas na zona industrial. Um funcionário que trabalhava no local no momento da ocorrência passou mal por ter inalado fumaça e precisou ser levado ao pronto-socorro.

Compartilhe: