Diário Supremo
O seu site do dia a dia!

Lírio-da-paz: confira agora como plantar e tudo sobre o manejo da espécie ornamental

Salvador, 06 de julho de 2022, por Raíly Fortunato – A Spathiphylum wallisii, também conhecida popularmente por lírio-da-paz, é uma espécie herbácea de caráter perene, que possui folhagens grandes, grossas e com tonalidade verde-escura e brilhante. A flor, por sua vez, é de cor branca, fazendo referência ao seu nome e sem perfume característico. Devido à sua aparência exuberante e suas características próprias, é bastante utilizado em ornamentação de ambientes.

Portanto, para apostar no lírio-da-paz na decoração da sua casa ou apartamento, aprenda todos os cuidados essenciais com a espécie. Continue conosco e confira como realizar o plantio da planta seja em vaso ou no jardim, o clima, o solo ideal e o manejo adequado.

Como plantar lírio-da-paz no vaso?

Realizar o plantio das espécies em vasos é uma opção ideal para quem não dispões de quintais, jardins, canteiros ou possui pouco espaço, como em apartamentos. Assim, para iniciar seu cultivo em vasos, é necessário possuir um recipiente que contenha furos na base, para proporcionar o escoamento da água.

Monte, primeiramente, a camada de drenagem, adicionando no fundo do vaso britas ou cascalho. Para o preparo do substrato, realize uma mistura com partes iguais de terra vegetal, areia grossa e composto orgânico, como húmus de minhoca, por exemplo. Coloque a muda no vaso com cuidado, preservando o torrão e as raízes. Por fim, preencha com o restante do substrato preparado, apertando levemente o solo e finalize com a irrigação da muda plantada.

Como plantar lírio-da-paz no jardim?

Para quem tem jardins ou canteiros, o lírio-da-paz pode ser plantado diretamente ao solo do local, com o passo a passo bem semelhante com o plantio em vasos. Desta maneira, o solo deve ser preparado igualmente, com a mesma mistura de terra vegetal, areia e composto orgânico.

Após o solo já preparado, abra uma cova com medidas maiores que o torrão. Acrescente areia no fundo da cova para proporcionar o escoamento da água. Coloque a muda da planta, de modo que fique nivelada ao solo, preenchendo com o restante do substrato preparado e finalize com a rega. Ainda, pode colocar superiormente ao substrato casca de pinus ou pedras ao redor dos lírios para fazer uma forragem e decorar, simultaneamente.

Lírio-da-paz (reprodução Canva Pro)
Lírio-da-paz (reprodução Canva Pro)

Clima e solo

Por ser uma espécie de origem tropical, essas plantas necessitam de ambiente moderadamente úmido e temperaturas que variam entre o 20 e 27 °C. O solo necessita ser fértil, bem drenado, leve, rico em conteúdo orgânico, areno-argiloso e com acidez entre 5,8 e 6,8. Portanto, para atender às necessidades da planta, siga a mistura do substrato orientado acima e realize a calagem do solo, se for necessário.

Iluminação e Irrigação

Os lírios-da-paz são plantas que se adaptam melhor em meia-sombra, ou seja, não exigem a iluminação frequente e direta para o seu desenvolvimento satisfatório. Ademais, a espécie também não é exigente quanto à irrigação, assim, regue a planta de duas a três vezes na semana. Entretanto, no inverno você pode diminuir a frequência das regas e, em contrapartida, aumentá-las durante o verão. Mas, de forma geral, é essencial que o substrato se mantenha umedecido, evitando o excesso de água no sistema radicular.

Como fazer mudas de lírio-da-paz

Para replantar o lírio-da-paz é muito simples, devendo, primeiramente, proporcionar o vaso ou o espaço adequado para o plantio, com o substrato já indicado. Após esse processo, selecione a touceira, realizando a limpeza das raízes, e finalize posicionando-a no local definitivo do plantio, cobrindo com o resto do substrato.

Lírio-da-paz para decoração

Existem plantas que, além da sua beleza, possuem características e demandas que permitem fazer parte da ornamentação dos espaços, como salas e escritórios. Assim, o lírio-da-paz possui os requisitos necessários, pois se adaptam bem em ambientes fechados, com pouca iluminação, até mesmo indireta. Ademais, também são resistentes, necessitando de rega apenas poucas vezes na semana. Assim, nós do portal Agro Notícias recomendamos que a espécie seja utilizada em espaços internos, arborizando o ambiente.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Ler mais