Diário Supremo
O seu site do dia a dia!

Comportamentos financeiros; entenda quais atitudes que atrapalham suas finanças

Entenda o que você pode mudar para melhorar as suas finanças

Paulo Afonso, 2 de agosto de 2022, por Gabriele de Paula – Se planejar financeiramente é um grande desafio para muitas pessoas. Isso porque os comportamentos financeiros adquiridos ao longo da vida precisam de muita disciplina para serem alterados. Além disso, eles afetam diretamente o resultado das suas contas no fim do mês.

No entanto, ter um planejamento financeiro te deixa mais livre e no controle das suas contas. Assim, você consegue entender o real cenário da sua vida financeira e traçar os melhores objetivos. Para te ajudar, hoje aqui no Diário Superpix, selecionamos os comportamentos financeiros que você precisa deixar de lado para começar o seu planejamento. Confira!

Comportamentos financeiros que atrapalham a sua vida

"<yoastmark

Você é uma daquelas pessoas que prefere “deixar a vida me levar”? Se a sua resposta for sim, a sua vida financeira pode estar totalmente descontrolada. Mas com as nossas dicas você aprenderá como analisar a sua vida financeira e fazer os devidos ajustes. Confira os hábitos que você precisa deixar para trás!

Não ter um orçamento

Uma pessoa faz uma dívida, e mais uma, e mais uma. Isso várias vezes durante o mês. Não olha o seu orçamento e, quando chega o final do mês, se assusta com as contas que não fecham. Você se identifica?

Esse é um dos comportamentos financeiros que não geram objetivos claros para o seu dinheiro. Se você possui um salário fixo, já sabe quanto irá receber no próximo mês. Se é autônomo, precisa saber uma média com base nos últimos pagamentos.

Em ambos os casos, defina objetivos para o seu dinheiro. Quantos por cento será usado para alimentação? Quanto para educação? Quanto será destinado para o lazer? Realizar um orçamento prévio é fundamental para o planejamento financeiro.

Não ter reserva de emergência

Como o próprio nome sugere, a reserva de emergência é aquele dinheiro guardado que irá te salvar em casos de emergência. Mas pense bem: comprar uma roupa nova não é emergência. Mas sim, despesas médicas e outras coisas essenciais de última hora que não podem ser adiadas.

Dessa forma, o valor ideal da reserva de emergência é igual a 6 vezes o seu custo de vida mensal. Então, se você gasta R$1 mil por mês, a sua reserva ideal será de R$6 mil. Mas calma, ela pode ser construída pouco a pouco.

Atrasar o pagamento de contas

Quando você atrasa o pagamento de uma dívida, acarretará multa e juros para o seu bolso. Pode parecer pouco pagar alguns reais de juros em uma conta.

Mas quando você somar o valor anual pago apenas em juros, perceberá a diferença. Por isso, se planeje para sempre pagar as suas contas em dia.

Pensar no cartão de crédito como um valor extra no orçamento

Definitivamente, o cartão de crédito não é um valor extra no orçamento. No entanto, muitas pessoas ainda possuem como um dos comportamentos financeiros pensar nele como um escape para comprar tudo que desejarem.

Mas é importante lembrar que a fatura do cartão de crédito irá chegar e deverá ser paga. Por isso, uma dica legal é utilizar o cartão de crédito apenas para compras que possuem um alto valor, ou seja, que você não a realizaria a vista.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Ler mais