Diário Supremo
O seu site do dia a dia!

Copom se reúne para aumentar taxa anual de juros nesta quarta (3); veja como isso impacta na sua vida

Equipe se reúne a cada 45 dias no Banco Central

São José dos Campos, 3 de agosto de 2022, por Marcos Eduardo Carvalho – O Copom (Comitê de Política Monetária), órgão ligado ao Banco Central, vai definir nesta quarta-feira (3) a nova taxa de juros anuais, no segundo dia de reunião.

Desta maneira, existe a expectativa de que ela passe de R$ 13,25 para R$ 13,75, uma das mais altas dos últimos tempos. Com isso, a taxa de juros conhecida como Selic, deve ficar nesse patamar até o final do ano e não deve aumentar mais.

Durante a pandemia da Covid-19, no auge da crise sanitária mundial, a taxa caiu a níveis históricos e chegou a pouco mais de 2%. No entanto, com o aumento da inflação e o aumento do consumo, agora o governo vem tentando usar esse artifício para conter a alta dos preços. E o Diariosp vai falar um pouco sobre o assunto.

Aliás, o Brasil não é o único país a aumentar os juros anuais. Inclusive, nos Estados Unidos, o governo do presidente democrata Joe Biden também vem aumentando as taxas do FED (Banco Federal norte-americano) para tentar combater o crescimento inflacionário.

Alta dos juros lá fora impacta no Brasil

Até por conta desses aumentos que acontecem nos Estados Unidos e também na Europa, a taxa de juros Selic continuou subindo por aqui. Inicialmente, a ideia do Copom era parar de subir em junho, na reunião anterior. Contudo, precisou rever essa decisão após os últimos eventos no cenário externo.

Assim, com a guerra na Ucrânia ainda impactando na economia mundial, a medida de aumentar os juros tenta frear o consumo e acalmar os preços no mercado brasileiro. Assim, em um período de 45 dias, o Copom se reúne para avaliar a taxa de juros e o panorama econômico do Brasil. Com isso, define se aumenta ou se diminui as taxas.

Atualmente, o Brasil possui uma das mais altas taxas de juro anual do mundo, atrás apenas da Turquia. No entanto, para o ano que vem, existe a expectativa de que os números desse índice possam começar a cair.

Copom se reúne para aumentar taxa anual de juros nesta quarta (3); veja como isso impacta na sua vida. Foto: Canva
Copom se reúne para aumentar taxa anual de juros nesta quarta (3); veja como isso impacta na sua vida. Foto: Canva

Como a Selic impacta na sua vida?

Embora muitas pessoas não acompanhem as mudanças da taxa de juros referencial da Selic, elas trazem grandes impactos no dia a dia do consumidor. Por exemplo, quanto mais alta a taxa de juros, mais caro vai ficar um imóvel comprado em financiamento bancário, por exemplo.

Tanto é que, quando a taxa estava na casa dos 2%, a compra de imóveis financiados ficou mais barata e teve até aumento. Além disso, comprar um carro ou outro bem financiado vai ficar mais caro por conta do aumento da taxa de juros da Selic. Assim, com o crédito mais caro, o consumo diminui, a procura cai, aumenta a oferta e a tendência, na prática, é que os preços dos produtos se estabilizem ou caiam.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Ler mais