Diário Supremo
O seu site do dia a dia!

Bolsas estudantis: saiba quais os incentivos que os estudantes têm direito

Uma bolsa de estudo pode ser o único caminho para uma pessoa conseguir estudar, veja neste artigo as melhores bolsas para você correr atrás do seu conhecimento

Belo Horizonte, quarta-feira, 3 de agosto, por Saulo Teixeira Rosa – Se um aluno precisar de alguma ajuda financeira para ingressar em um programa de ensino superior, uma bolsa de estudos pode ajudar a garantir que ele faça uma mudança significativa na vida.

Mas mesmo com esses benefícios, conforme apurou o site Diário Superpix, fazer uma pós-graduação ainda não é um procedimento fácil, principalmente para quem tem o orçamento apertado. Entretanto, você já pensou em começar uma escola onde nenhum dinheiro é necessário e talvez até obter alguma ajuda financeira para cobrir os custos de transporte, moradia, alimentação e suprimentos? Portanto, hoje você vai conhecer as principais bolsas de estudo do mercado, confira tá imperdível!

Bolsa PROUNI

A iniciativa do Programa Universidade para Todos (ProUni), do Governo Federal, oferece bolsas parciais (cinquenta por cento) e integrais para cidadãos brasileiros sem diplomas avançados que não podem pagar as mensalidades da instituição escolhida.

No primeiro e segundo semestres de cada ano, o Prouni é publicado. No entanto, para se habilitar, é necessário ser aprovado no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem); ter renda familiar de pelo menos três salários mínimos por pessoa; e atender a pelo menos um dos seguintes requisitos:

Critérios para bolsas do Prouni:

  • ter concluído o ensino médio em escola pública ou particular na condição de tornar – se Bolsista Integral;
  • ser pessoa com deficiência (apresentando o comprovante de deficiência);
  • ser professor efetivo da rede pública concorrendo a uma bolsa em um programa de licenciatura (neste caso, não é necessária a comprovação de renda).
  • possuir uma renda familiar mensal de pelo menos 1,5 salário para um orçamento integral;
  • possuir uma renda familiar mensal de pelo menos três salários mínimos para se qualificar para uma bolsa parcial.

Para participar, o aluno deve ter sido aprovado no Enem no ano anterior, ter obtido no mínimo 450 pontos em média em todas as provas e não ter zerado a redação. Por fim, o Programa é destinado a quem ainda não possui formação superior.

Bolsas estudantis: saiba quais os incentivos que os estudantes têm direito - Reprodução Pixabay
Bolsas estudantis: saiba quais os incentivos que os estudantes têm direito – Reprodução Pixabay

Bolsas do programa Quero Bolsas

A maior plataforma privada de empréstimos para estudos da América Latina se chama Quero Bolsa. Você pode obter descontos de até 80% neste site para mais de mil instituições de ensino superior em todo o país, inclusive para cursos presenciais e à distância.

Sendo assim, encontrar a bolsa que melhor corresponda aos seus critérios de pesquisa e preencher a pré-inscrição no site são os dois únicos requisitos para ganhar o seu desconto. Isso se deve ao fato de a Quero Bolsa não exigir a nota do ENEM do ano anterior; ou de você participar de processo seletivo para poder usufruir do desconto. Além disso, o processo de cadastro é bem simples:

Veja o processo da quero bolsas aqui:

  • encontre seu curso inserindo seus dados na página inicial do site para encontrar a melhor bolsa para você.
  • garanta a sua mala: selecione uma mala da lista disponível e leia atentamente os detalhes da oferta, incluindo o preço, a localização e as regras gerais.
  • tudo está correto agora; basta clicar em “Garantir esta bolsa” e continuar com a taxa de acréscimos.

Por fim, a melhor parte: você receberá o desconto da bolsa até o final do curso. Após a confirmação do pedido de bolsa, talvez seja necessário passar por algum tipo de avaliação para se matricular na faculdade escolhida. É impossível? Não é.

Bolsas oferecidas pelas próprias Universidades

Entretanto, algumas faculdades especializadas têm seus próprios programas de bolsas de estudo. Além disso, há bolsas para estudantes de baixa renda e preços especiais para aqueles que já possuem diploma, concluíram uma curso ou estão habilitados, para elas são de diversas modalidades, como: para familiares e funcionários; e para aqueles que tiveram um bom desempenho em processo seletivo, pelo Enem ou vestibular.

Programas de Iniciação Científica

Por fim, os alunos de pós-graduação que dedicam parte de seu tempo à pesquisa acadêmica enquanto recebem orientação de um professor de pesquisa, recebem assistência financeira das bolsas da fundação científica.

Entretanto, é curioso saber que os pagamentos ocorrem enquanto o projeto de pesquisa está em andamento e que, em alguns casos, há exigência de relatórios de andamento do trabalho para garantir o pagamento.

Entretanto, podem ser custeados pela própria instituição ou, no caso das universidades públicas, por programas governamentais que apoiam o desenvolvimento dos alunos com a esperança de que um dia possam contribuir com a sociedade.

Por fim, estudar é uma tarefa que exige dedicação e mente produtiva para receber o conhecimento que transforma. Portanto, ter uma bolsa de estudo auxilia o aluno para que sua mente seja exclusiva sem se preocupar financeiramente. Sendo assim, se você se interessou pelo assunto, considere assistir o vídeo do canal “Estudante online” falando mais sobre como obter bolsas de estudo. Em suma, é isso! Até a próxima!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Ler mais