Diário Supremo
O seu site do dia a dia!

Bairros periféricos entram no programa ‘Novos Centros’ da prefeitura de São Paulo e buscam melhorias

Projeto é feito em parceria com a Universidade São Judas Tadeu

São José dos Campos, 27 de julho de 2022, por Marcos Eduardo Carvalho – A prefeitura de São Paulo firmou parceria com a Universidade São Judas Tadeu para tentar melhorar a qualidade de vida dos bairros periféricos. Isso através de medidas como melhorias de vias e sustentabilidade da região, em um programa chamado de ‘Novos Centros de São Paulo’.

Assim, quem mora nesses bairros mais afastados geralmente demora mais tempo para chegar ao serviço. Agora, por exemplo, com o ‘Novos Centros de São Paulo’, o objetivo é que se vá aos destinos em aproximadamente 15 minutos.

Logo, a perspectiva é melhorar a qualidade de vida, a segurança e também a estrutura daquele local muitas vezes esquecido pela administração. E o Diario Sp vai falar um pouco mais sobre o assunto.

Novos Centros de São Paulo começa pelo Itaim Paulista

Então, segundo a prefeitura da Capital, o primeiro bairro a se beneficiar do programa será o Itaim Paulista. Entre outras coisas, uma das ações já em estudo é sobre a melhor ocupação do solo do local que fica na zona leste de São Paulo.

Assim, tanto a poluição do local quanto o perigo de construções irregulares no bairro são analisados pelo projeto. Agora, a Secretaria Executiva de Mudanças Climáticas de São Paulo está à frente do projeto juntamente com a universidade.

Segundo Fernando Pinheiro Pedro, esse trabalho inicial no Itaim Paulista vai ser replicado para outros bairros. Desta maneira, o projeto no Itaim Paulista vai servir como uma espécie de projeto-piloto para as outras regiões periféricas da capital paulista.

Bairros periféricos entram no programa ‘Novos Centros’ da prefeitura de São Paulo e buscam melhorias. Foto: Canva
Bairros periféricos entram no programa ‘Novos Centros’ da prefeitura de São Paulo e buscam melhorias. Foto: Canva

 

Além disso, entidades do próprio bairro, como a Central Única da Periferia, trabalham em conjunto com o projeto. Neste sentido, também vão apontar melhorias e sugestões do que se pode fazer naquela região.

Consequentemente, o investimento deverá ser mais assertivo e, de fato, deverá melhorar a qualidade de vida na região. Por enquanto, o programa está apenas em sua fase inicial.

Locomoção mais rápida pelos bairros de São Paulo

Atualmente, como a Grande São Paulo tem mais de 20 milhões de habitantes, o trânsito naturalmente se torna mais caótico. Então, muitas vezes os trabalhadores levam de uma a duas horas, ou mais, para chegar ao destino.

Inclusive, muitos deixam de conseguir um determinado emprego por morarem em regiões que ficam mais longe do serviço. E a empresa muitas vezes perde um funcionário com potencial por causa disso. Agora, o projeto tenta equacionar essas questões, segundo as estimativas da prefeitura paulistana.

Então, um dos planos mais ambiciosos do programa da prefeitura é sobre essa mobilidade urbana. Por isso, quer melhorar o transporte coletivo e até mesmo o serviço de ciclovias nos bairros da cidade. E o ‘Novos Centros de São Paulo’ seguirá em andamento na capital paulista.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Ler mais