Diário Supremo
O seu site do dia a dia!

Correios vão leiloar mais de 97 mil itens em São Paulo; veja como participar

Esses produtos são chamados de 'refugos' e evento acontece no dia 12

São José dos Campos, 08 de julho de 2022, por Marcos Eduardo Carvalho – Os Correios vão leiloar produtos que não conseguiram entregar aos seus clientes em um determinado período. Assim, é uma oportunidade para quem busca adquirir algo abaixo do preço do mercado e em boa qualidade.

Assim, é possível participar presencialmente do pregão, marcado para o próximo dia 12 de julho, em São Paulo. Mas, também pode-se participar de forma online. Dessa forma, fica disponível para pessoas de todo o país.

Agora, os Correios vão realizar a versão presencial na sede da entidade, na cidade de Cajamar, na Grande São Paulo. Inclusive, o órgão permitirá que os interessados visitem o lugar um dia antes.

Contudo, precisa agendar antes pelo telefone (11) 4313-9452. Desse modo, os interessados podem ver os produtos, mas sem colocar a mão. Assim como acontece nos tradicionais leilões de veículos, que também permitem visitação.

Quais são os produtos

Segundo informaram os Correios, são 97 mil itens colocados no leilão, separados por 10 lotes. Além disso, os produtos são dos mais variados para os interessados.

Por exemplo, é possível levar material de informática, brinquedos, roupas, eletros domésticos variados, livros e até mesmo peças e acessórios de carros. Enfim, tudo isso que, por alguma razão, não chegou ao destino e ninguém reivindicou.

Correios vão leiloar mais de 97 mil itens em São Paulo; veja como participar. Foto: Canva
Correios vão leiloar mais de 97 mil itens em São Paulo; veja como participar. Foto: Canva

Desta maneira, os Correios chamam esses produtos de ‘refugos’. No entanto, só ganha essa classificação após várias tentativas de entrega sem sucesso e sem retorno do reclamante.

De acordo com o Código de Defesa do Consumidor, existe um determinado prazo de contestação. Após isso, o proprietário original perde o direito e o produto vai para leilão.

Além disso, os refugos precisam ter uma destinação final. Isso porque ficam ocupando espaço nos galpões dos Correios. Assim, muitas vezes não há lugar suficiente para tanto produto.

Como participar

Quem quiser participar do leilão, pode dar o seu lance virtualmente, ou seja, de maneira eletrônica. No entanto, precisa antes fazer o cadastro no site da plataforma de licitações do governo.

Então, quem for dar lance, pode escolher um ou mais lotes para garantir o produto. Além disso, precisa garantir o pagamento do lance para ficar com o produto. Caso contrário, vai novamente para leilão.

Governo que privatizar os Correios

Atualmente, os Correios são uma instituição pública, comandada pelo Governo Federal. Entretanto, desde 2019, o presidente Jair Bolsonaro (PL) tenta privatizar o órgão.

Inclusive, é uma das prioridades, assim como a Eletrobras e a Petrobras. Entretanto, a ideia ainda não saiu do papel no caso do serviço dos Correios.

No Brasil, além desse órgão estatal, já existem empresas privadas de transporte de mercadorias, que trabalham paralelamente. Com o aumento das vendas pela Internet, o Diario Sp lembra que a demanda dos Correios no mercado brasileiro também aumento de forma considerável.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Ler mais