Diário Supremo
O seu site do dia a dia!

Eleições em Goiás: oposição até gostaria, mas aliança entre Marconi Perillo e Gustavo Mendanha é improvável

Líderes avaliam que uma aliança entre os candidatos seria fatal para o projeto de reeleição de Ronaldo Caiado

Goiânia, 11 de julho de 2022, por Mário Lobo – O maior sonho dos partidos de oposição é barrar a reeleição de Ronaldo Caiado nas eleições em Goiás. E a fórmula muitos deles dizem saber qual é: a união entre os pré-candidatos Marconi Perillo e Gustavo Mendanha. Essa dobradinha é vista com bons olhos por muitos líderes partidários. Mas, para angústia de muitos, se mostra difícil de acontecer. Isso porque os projetos de ambos os candidatos são ambiciosos e contam com relevante apoio popular. Sendo assim, a possibilidade de uma união está cada vez mais distante.

Desde que Gustavo Mendanha oficializou sua pré-candidatura para as eleições em Goiás, Marconi Perillo tem feito fortes investidas sobre ele. De início, houve até mesmo um convite para se filiar ao PSDB, quando Mendanha se desentendeu com Daniel Vilela e deixou o MDB. Entretanto, isso não se concretizou, provavelmente porque Mendanha sentiu que no ninho tucano ficaria à sombra de Perillo. Depois vieram as especulações sobre uma possível formação de chapa entre os dois pré-candidatos, mas essa ideia também não avançou. Veja os desdobramentos dessa resenha aqui no Diário Sp.

Gustavo Mendanha e Marconi Perillo sonham alto nas eleições em Goiás

Uma das maiores dificuldades para uma aliança entre Gustavo Mendanha e Marconi Perillo é a ousadia do projeto político de ambos. Os dois sentem que têm condições de levar adiante uma candidatura nas eleições em Goiás. E embora o embate com Ronaldo Caiado seja duro, sabem a representatividade de chegar ao 2° turno com o atual mandatário. As chances de ganhar são remotas, mas existem. Porém, o que realmente está em jogo é a capilaridade política e a autoafirmação dentro do estado.

Eleições em Goiás: oposição até gostaria, mas aliança entre Marconi Perillo e Gustavo Mendanha é improvável - Imagem do Canva
Eleições em Goiás: oposição até gostaria, mas aliança entre Marconi Perillo e Gustavo Mendanha é improvável – Imagem do Canva

O fato é que quem disputar o 2° turno com Caiado, mesmo que seja derrotado, sairá vitorioso nas eleições em Goiás. Isso porque, naturalmente, a liderança da oposição ficará na mão desse candidato. Então, se ele souber articular bem, se cacifará como importante liderança política no estado. Marconi Perillo já o é, mas precisa de algo assim para tirar dele a marca deixada pela derrota vexatória nas últimas eleições. Mendanha poderá se valer disso para ganhar projeção no estado, saindo da bolha de Aparecida de Goiânia, onde é mais conhecido e querido.

Possibilidades de serem eleitos

As pesquisas de intenção de voto mostram Caiado como o preferido dos goianos. Marconi Perillo e Gustavo Mendanha vem na sequência, esses tecnicamente empatados. Ou seja, conforme as pesquisas atuais, Ronaldo Caiado seria o mais votado, sendo o 2° colocado uma incógnita. Mas, a vitória nas eleições em Goiás não viria no 1° turno, já que Caiado não alcançaria a maioria absoluta dos votos. E como o 2° turno é uma nova eleição, o jogo estaria aberto, com possibilidade de vitória de qualquer candidato.

O que resta saber agora é se em um eventual 2° turno, o 3° colocado manifestará apoio ao candidato da oposição. Afinal, essa atitude poderia fazer toda a diferença. Isso porque a união de forças de oposição no 2° turno das eleições em Goiás ainda poderia ser uma dor de cabeça para Caiado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Ler mais