Diário Supremo
O seu site do dia a dia!

Fiesp anuncia manifesto pela democracia no próximo dia 11 de agosto

Data é em comemoração às faculdades de Direito no país

São José dos Campos, 27 de julho de 2022, por Marcos Eduardo Carvalho – A Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo) anunciou que vai assinar um manifesto em favor da democracia. Assim, se posiciona de forma mais contundente durante o período eleitoral.

Isso porque, no dia 2 de outubro, acontecem os pleitos majoritários em todo o território nacional. Isto é, vão se eleger o presidente da República, governadores, senadores, deputados estaduais e deputados federais. E o Fiesp se posicionou pela democracia.

Desta maneira, a entidade que representa os industriários paulistas optaram por esse posicionamento na tentativa de valorizar as eleições. E o Diario Sp falará um pouco mais sobre o assunto.

Fiesp vai ler documento em agosto

No entanto, a Fiesp ainda não produziu o manifesto, que segue em fase de elaboração. Mas a previsão é de que a entidade divulgue o material no próximo dia 11 de agosto. Dessa forma, vai publicar o material em jornais de grande circulação nacional.

Além disso, tem a ideia de ler o manifesto pela democracia neste dia, no Salão Nobre da Faculdade de Direito da Usp (Universidade de São Paulo). Com isso, serão duas ações no mesmo dia.

Aliás, a data escolhida de 11 de agosto não foi por acaso. Afinal de contas, é o dia em que se comemora a criação dos cursos de Direito no Brasil. Por isso, esse evento especial, que terá também várias outras ações.

Agora, o documento foi batizado de ‘Em Defesa da Democracia e da Justiça’ e também vai ter o apoio da Febraban (Federação Brasileira dos Bancos). Assim, o manifesto ganha ainda mais corpo e por parte de entidades empresariais.

Outros empresários e também alguns artistas famosos, como Chico Buarque e Debora Bloch, vão assinar o manifesto. Por isso, a ação passa a ter um caráter ainda mais globalizado dentro do cenário eleitoral brasileiro.

Fiesp anuncia manifesto pela democracia no próximo dia 11 de agosto. Foto: Canva
Fiesp anuncia manifesto pela democracia no próximo dia 11 de agosto. Foto: Canva

Ataques às urnas eletrônicas

Mas o principal motivo desse manifesto pela democracia se deve pelos seguidos ataques do presidente Jair Bolsonaro (PL). Segundo o presidente, as urnas eletrônicas não são confiáveis e não deveriam ser utilizadas.

Inclusive, em algumas entrevistas anteriores, já deu a entender que poderá não deixar o cargo em dezembro caso não seja reeleito para um segundo mandato. Por isso, vem gerando preocupação de vários públicos.

Atualmente, Bolsonaro aparece em segundo lugar em todas as pesquisas de intenções de votos. Isso considerando os materiais devidamente registrados no TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Apesar de ter sido eleito em 2018 com a urna eletrônica, Bolsonaro alega que sua vantagem na vitória deveria ter sido maior. Na época, derrotou Fernando Haddad (PT). Agora, tem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como seu principal adversário.

Por fim, o próprio TSE já desmentiu o presidente e garantiu que as urnas eletrônicas são confiáveis. Agora, a Fiesp reforça essa campanha.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Ler mais