Diário Supremo
O seu site do dia a dia!

Polícia Civil de Goiás faz operação para prender suspeitos de tráfico de drogas em Goiânia

A acusação é de um esquema de delivery de drogas na capital e Região Metropolitana

Goiânia, 07 de julho de 2022, por Mário Lobo – A Polícia Civil de Goiás efetuou a prisão de 7 pessoas. Elas foram acusadas de tráfico de drogas em Goiânia e Região Metropolitana. A operação teve como foco um grupo suspeito de operar um delivery de drogas. A DENARC (Delegacia Estadual de Repressão a Narcóticos) ficou responsável pela condução dos trabalhos. Assim foram efetuadas as prisões, cumpridos mandados de busca e apreensão e outras diligências autorizadas pela justiça.

As investigações indicavam que os suspeitos utilizavam aplicativos de mensagens e ligações telefônicas. Dessa maneira o tráfico de drogas acontecia como numa modalidade de delivery. Os “clientes” falavam com os criminosos e esses faziam a distribuição dos entorpecentes. Portanto, tratava-se de um esquema organizado que atuava em toda a região da capital e entorno. Saiba mais detalhes aqui no Diário SP.

A Polícia Civil de Goiás fez diversas apreensões durante a operação

Além das prisões dos suspeitos de tráfico de drogas a Polícia Civil de Goiás também efetuou a apreensão de diversos itens. A ideia é que eles ajudem a compor o conjunto de provas para o indiciamento dos envolvidos. Essa é uma necessidade, pois a ação judicial se valerá dessas provas para embasar a acusação.

Foram aproximadamente 80 agentes que participaram da operação. Eles apreenderam munições, porções de drogas, simulacros de armas de fogo, documentos de contabilidade e embalagens de drogas. A Polícia Civil de Goiás recolheu esses materiais e os armazenou.

Polícia Civil de Goiás faz operação para prender suspeitos de tráfico de drogas em Goiânia - Imagem do Instagram de policiacivil_go
Polícia Civil de Goiás faz operação para prender suspeitos de tráfico de drogas em Goiânia – Imagem do Instagram de policiacivil_go

A ousadia dos criminosos intrigou as forças policiais

O sistema de delivery para tráfico de drogas causou espanto nos policiais. Dos fora da lei se espera tudo, mas a ousadia, nesse caso, causou surpresa. Assim como também surpreendeu a população. As pessoas ficaram atônitas com as informações da operação, embora o tráfico seja algo relativamente comum.

Isso se deu provavelmente porque os meios utilizados são de uso comum. Os aplicativos de mensagem eram os das lojas dos sistemas operacionais. E os telefones eram números de operadoras de telefonia. Ou seja, o “serviço” era feito com tranquilidade. Os suspeitos não pareciam ter medo de serem pegos e presos. Apenas recebiam os pedidos e distribuíam as drogas.

A área de atuação dos criminosos

Um olhar clínico sobre a situação indica a sua proporção. De acordo com estimativas do IBGE, Goiânia tem quase 1,6 milhões de habitantes. Sua Região Metropolitana possui atualmente 20 municípios. Nesses residem quase 2,3 milhões de pessoas. Isto é, a área de atuação dos criminosos era de quase 4 milhões de pessoas.

A organização deles era, portanto, grande. As pessoas recorriam a eles por meios eletrônicos e recebiam as drogas onde quer que estivessem. E a Polícia Civil de Goiás agiu e conseguiu ter sucesso na ação. O que se espera agora é que a justiça seja feita e que quem de fato tiver culpa seja punido no rigor da lei.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Ler mais