Diário Supremo
O seu site do dia a dia!

Polícia Federal faz megaoperação contra tráfico de drogas em São Paulo

Principal foco da ação foi contra funcionários terceirizados do aeroporto de Guarulhos

São José dos Campos 19 de julho de 2022, por Marcos Eduardo Carvalho – A Polícia Federal cumpre nesta terça-feira (19) 23 mandados de prisão em São Paulo por tráfico de drogas. No entanto, destes, 18 são funcionários de empresa terceirizada que operam no Aeroporto Internacional de Guarulhos.

Além disso, ainda são mais 24 mandados de busca e apreensão contra esses suspeitos. Com isso, as autoridades fazem, na prática, o que chamam de megaoperação contra o tráfico na Grande São Paulo.

Inclusive, o trabalho também foi feito nas cidades de Sorocaba, no interior, e em Praia Grande, na Baixada Santista. E a ação da PF acontece até mesmo em Portugal. E o Diario Sp vai falar um pouco mais sobre o assunto.

Polícia Federal tenta combater o tráfico

Até por volta das 10h da manhã, a Polícia Federal prendeu até 14 pessoas. Então, espera cumprir mais mandados até o final do dia em São Paulo e região.

Ao portal de notícias G1, a administração do aeroporto de Guarulhos disse que não vai se manifestar enquanto a ação da PF ainda estiver em andamento na região.

Outra informação importante é que os policiais estão atrás de pelo menos dois traficantes que são dois dos líderes do PCC (Primeiro Comando da Capital). Desde 1993, essa facção criminosa atua e controla a maioria dos presídios no estado de São Paulo.

Na sequência, a ação da Polícia Federal também determinou o bloqueio de R$ 53 milhões em contas pertencentes aos suspeitos. Além disso, também vem fazendo buscas no endereço de 24 residências ligadas aos suspeitos.

Ação dos funcionários

Segundo informações da Polícia Federal, no caso dos funcionários terceirizados do aeroporto, eles agiam diretamente para os traficantes. Assim, eles pegavam as drogas, colocavam nos carrinhos e já inseriam dentro do avião, sem levantar suspeitas.

Polícia Federal faz megaoperação contra tráfico de drogas em São Paulo. Foto: Canva
Polícia Federal faz megaoperação contra tráfico de drogas em São Paulo. Foto: Canva

 

Desta maneira, a droga passava sem detecção pelos aparelhos de raio-x, uma maneira de burlar a fiscalização. Isso foi possível porque eles tinham acesso direto à pista do aeroporto de Cumbica. Logo, não precisavam necessariamente passar pela fiscalização.

Agora, as pessoas que foram e que ainda serão presas, vão responder por tráfico internacional de drogas. Consequentemente, se condenadas, vão cumprir penas entre 10 e 25 anos de reclusão.

No entanto, a investigação não começou agora. O trabalho já acontece há mais de um ano e, neste período, a polícia pegou 880 quilos de cocaína. Ao todo, foram 9 operações, que incluíram também outros aeroportos. Foi o caso do aeroporto de Frankfurt, na Alemanha, outras duas no aeroporto internacional de Lisboa e mais três ações no aeroporto de Amsterdã, capital da Holanda.

Atualmente, a Polícia Federal vem fazendo ações em parceria com a Interpol para tentar enfraquecer a ação dos traficantes internacionais de drogas.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Ler mais