Diário Supremo
O seu site do dia a dia!

Polícia Federal investiga ex-Prefeito de Faina por desvio de recursos da saúde

O dinheiro teria sido enviado para o seu primo

Goiânia, 12 de julho de 2022, por Mário Lobo – A Polícia Federal está investigando o ex-Prefeito de Faina, Paulo Nascimento de Souza, por suposto desvio de dinheiro da saúde. Denúncias indicam que à época o seu governo recebeu dinheiro do Ministério da Saúde para construção de duas unidades de saúde. Porém as obras não foram feitas e o dinheiro desapareceu. De acordo com as investigações possivelmente esse dinheiro foi passado para a conta do irmão do ex-Prefeito. A polícia está tentando entender se de fato isso aconteceu e por que.

A questão é complexa, mas pelo visto de fato aconteceu. O primo do ex-Prefeito, que não tinha relação alguma com a prefeitura e nem com a construtora é o possível recebedor do dinheiro, uma quantia de R$326.000,00. À época um prédio até teve início a construção de um prédio, mas sem conclusão. Todo o processo ocorreu à revelia dos devidos procedimentos e sem respeitar as boas práticas da administração pública. Ou seja, faltou exatamente o que não poderia, que é o respeito ao erário. Veja mais aqui no Diário Sp.

Operação de busca e apreensão da Polícia Federal

Nessa terça-feira, dia 12 de julho, a Polícia Federal deslocou agentes até o município de Faina para realizar uma operação de busca e apreensão. Essa tinha como principal objetivo colher provas para elucidar o caso e comprovar a improbidade administrativa por meio do ex-Prefeito. Os procedimentos aconteceram na sede da prefeitura, onde os policiais recolheram documentos para análise pericial. Eles também visitaram a obra onde estava sendo construída uma unidade de saúde, mas a mesma se encontra abandonada. A outra obra ninguém soube dar informação a respeito.

Polícia Federal investiga ex-Prefeito de Faina por desvio de recursos da saúde - Imagem do Canva
Polícia Federal investiga ex-Prefeito de Faina por desvio de recursos da saúde – Imagem do Canva

A investigação está buscando provas para incriminar o ex-Prefeito e outros envolvidos em diversos crimes. São eles: associação criminosa, lavagem de dinheiro e peculato. Se todos esses crimes forem comprovados, as penas podem chegar a 22 anos de reclusão. No entanto, é importante ressaltar que até esse momento não há nada comprovado. Embora os indícios sejam fortes, nenhum crime lhe foi de fato imputado até então.

Sobre o município

Faina é um município pequeno, localizado no interior de Goiás. Ele fica na região central. A cidade tem apenas 7.000 habitantes e os serviços de saúde são prestados de maneira precária. Por falta de estrutura, procedimentos de média e alta complexidade não são tratados no município. Ou seja, há uma carência enorme de melhoria nos serviços públicos de saúde na cidade. Portanto, as duas unidades de saúde seriam muito bem vindas para o atendimento à população.

No entanto quando recebeu a verba para construir as unidades, por algum motivo a Prefeitura não o fez. E segundo as desconfianças da Polícia Federal , porque a administração municipal desviou o dinheiro. Sendo assim, o que se espera é que os fatos sejam devidamente apurados e os culpados paguem pelo crime cometido.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Ler mais