Diário Supremo
O seu site do dia a dia!

Proibição dos canudos plásticos na cidade de São Paulo já está valendo

Desde o último final de semana, com publicação no Diário Oficial, estabelecimentos não podem mais servir esse produto

São José dos Campos, 12 de julho de 2022, por Marcos Eduardo Carvalho – Canudos de plásticos estão, definitivamente, proibidos na cidade de São Paulo. Isso porque, desde o último sábado (09), a lei 17.123, de 2019, entrou em vigor. Mas, só agora a prefeitura da Capital publicou apenas agora em seu Diário Oficial.

Desta maneira, lugares como padarias, bares, restaurantes, hotéis, parques, etc, foram proibidos de fornecer o canudo de plástico. Assim, quem o fizer, será punido.

Segundo a prefeitura, a fiscalização multará quem descumprir as medidas. Logo, a alternativa para os canudos são os materiais de papel reciclável, comestível ou biodegradável.  E o Diario Sp falará um pouco mais sobre o assunto.

No entanto, outros estabelecimentos, principalmente alguns fast foods mais conhecidos, já aplicam essa lei. Então, usam do canudo ecologicamente correto há alguns anos. Com isso, já aboliram o plástico anteriormente.

Além disso, é preciso distribuir esses canudos ecológicos envoltos em uma embalagem feita com material semelhante. A nova lei também exige esse procedimento.

Responsabilidade por fiscalizar os canudos

Ainda de acordo com o decreto publicado pela administração, um determinado órgão cuidará da fiscalização. No caso, ficará a cargo da Convisa (Coordenadoria de Vigilância em Saúde).

Enquanto isso, de acordo com a lei, o valor da multa poderá variar entre R$ 1.000 a até R$ 8.000. O valor da punição aumenta anualmente seguindo a correção do IPCA. A lei dos canudos foi aprovada em 2018.

Proibição dos canudos plásticos na cidade de São Paulo já está valendo. Foto: Canva
Proibição dos canudos plásticos na cidade de São Paulo já está valendo. Foto: Canva

 

Assim, o então prefeito Bruno Covas (PSDB), falecido em 2021, sancionou a lei. Mas, a regra vale, na prática, a partir de agora. Isso devido à publicação do decreto no Diário Oficial do município. O atual prefeito da capital paulista, Ricardo Nunes, assinou o documento.

Na época, todos os vereadores da Câmara Municipal da cidade assinaram a lei que proíbe canudos plásticos antes da criação. Hoje, São Paulo é uma das maiores cidades da América Latina.

Preocupação ambiental

Atualmente, muitas cidades já aboliram o uso do canudo plástico. Isso porque, como esse material demora mais para se degradar no ambiente, também poluirá mais o solo.

Outras cidades, como Ilhabela, no Litoral Norte, já adotaram essa medida anteriormente. Com isso, os canudos recicláveis e biodegradáveis se tornam menos prejudiciais para o meio ambiente.

São Paulo é uma cidade que sofre com a poluição do ar. Além disso, sofre também com seus rios, como o Tietê, que todo ano acumula toneladas de lixo. Muitos desses lixos, inclusive, surgem om material plástico.

Por isso, existe essa ofensiva do poder público para tentar minimizar o impacto ambiental. E o canudo de plástico, nos últimos anos, já se tornou um ‘inimigo’ ambiental. Gradualmente, muitas cidades e empresas no território nacional já descartaram o uso do canudo de plástico e outras ainda vão fazer.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Ler mais