Diário Supremo
O seu site do dia a dia!

Seguro-desemprego: saiba se você se encaixa nas novas regras para sacar o benefício

Veja quantas parcelas você pode receber atualmente do seguro-desemprego

Santo André, 12 de julho, por Helen Batista – Algumas regras mudaram para o recebimento do seguro-desemprego, mas nem todos. Quem tem carteira assinada e demitido sem justa causa, ainda tem direito em receber o benefício.

Entretanto, são atualmente pagas entre 3 e 6 parcelas do seguro-desemprego ao trabalhador que com carteira assinada. Contudo, algumas regras devem ser seguidas para obter o benefício. Veja, em seguida mais detalhes na matéria do Diário Sp.

Saiba quem tem direito a receber o seguro-desemprego pelas novas regras

  • Primeiramente, quem trabalho com carteira assinada no regime CLT e não foi demitido por justa causa;
  • Suspensão de contrato para que o empregado entre em um programa de qualificação profissional;
  • Trabalhadores em condições precárias, resgatados por condições de trabalho escravo.

Quais as novas regras para o recebimento do benefício?

  • Atualmente, algumas regras relacionadas ao pagamento do seguro-desemprego mudaram, veja em seguida:
  • Caso seja a primeira vez do recebimento do benefício, é preciso que o trabalhador tenha trabalhado durante 12 meses em regime CLT com carteira assinada;
  • Caso seja a segunda vez que o trabalhador necessite do seguro-desemprego, deve ter trabalhado por, pelo menos, 9 meses;
  • A partir da terceira vez da solicitação do benefício, o trabalhador precisa ter tido a carteira assinada por, pelo menos, 6 meses.

Qual a quantidade de parcelas do seguro-desemprego?

Algumas regras também entraram em vigor em relação às quantidades de parcelas que o trabalhador vai receber do seguro, veja, em seguida:

  • Para receber 3 parcelas do seguro, o trabalhador precisa comprovar em regime CLT o mínimo de 6 meses;
  • Para receber 4 parcelas do seguro, o trabalhador precisa comprovar em regime CLT o mínimo de 12 meses trabalhados;
  • Para receber 5 parcelas do seguro-desemprego, o trabalhador precisa comprovar em regime CLT a partir de 24 meses de carteira assinada.

Sou sócio em uma empresa, posso receber o seguro?

Essa é uma dúvida muito comum, pois, muitas vezes, o trabalhador possui registro em carteira, mas é sócio em uma empresa:

  • Nesse caso, ele perde o direito ao recebimento do benefício da previdência social. Para receber o seguro, o trabalhador não pode ter outra renda.

Estou recebendo o seguro, mas consegui outro emprego com carteira assinada, e agora?

  • Nesse caso, o trabalhador também perde o direito ao seguro-desemprego.

Saiba como é feito o cálculo do benefício

Os trabalhadores que ganhavam valores acima de R$ 3.097,26, tem direito ao teto máximo do benefício, ou seja, R$ 2.106,08. Os demais, vão receber conforme a média salarial dos últimos 3 meses antes da demissão. Contudo, o valor nunca será inferior a um salário mínimo.

Saiba como solicitar o seguro-desemprego

Foi demitido e está perdido? Hoje é muito fácil solicitar o seguro-desemprego, você não precisa mais ficar horas em filas e esperar meses para saber se tem direito ao benefício.

Você pode solicitar através do aplicativo “Carteira de Trabalho Digital” – disponível para Android e iOS. E também pelo portal www.gov.br, em ambos os casos, será necessário o envio da seguinte documentação:

  • Documento do Requerimento do Seguro-Desemprego;
  • CPF.

Em caso de dúvidas, ligue para 158 (Alô Trabalho). Boa sorte!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Ler mais