Diário Supremo
O seu site do dia a dia!

Município do Mato Grosso incinera 300 kg de entorpecentes; saiba mais detalhes

A queima ocorreu em Rondonópolis na última segunda-feira

Nova Mutum, 07 de julho de 2022, por Camila Vicente – Nesta quinta-feira, falaremos sobre o município de Rondonópolis. Isso porque a Polícia Civil do município queimou 300 kg de entorpecentes.

A saber, entorpecentes são substâncias tóxicas, considerados droga ou medicamento que agem sobre o sistema nervoso. Ademais, eles provocam sensação de embriaguez, que pode causar dependência física e/ou psicológica. Acompanhe mais sobre a notícias no Diário Sp.

Outrossim, trata-se do fato que ocorreu na cidade de Rondonópolis na última segunda-feira. Cabe salientar que toda a quantidade apreendida refere-se ao montante recolhido em todo último semestre. Desta forma, a queima dessa droga sempre passa por autorização judicial e somente posterior a perícia da POLITEC.

Primeiramente, o material é fruto de apreensões que ocorreram durante o semestre em ações feitas pelas forças de segurança em ações policiais dento do município. Posterior, a Derf – Delegacia Especializada de Roubos e Furtos realiza a queima.

Em mesmo sentido, o ato tem vinculo com a Operação Narco Brasil. Esta operação é comandada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, que combate o tráfico de drogas. De mesmo modo, visa dirimir a criminalidade e encaminhar o produto recolhido para incineração, tudo isso com a ajuda das forças policiais federais, dos estados e do Distrito Federal.

Recorde em apreensão de entorpecentes

A saber, o estado de Mato Grosso é um dos principais quando o assunto é a apreensão de drogas. Segundo dados, o estado teve um aumento de 31%, considerando que é tido como porta de entrada para o abastecimento de todo o país. Toda essa operação de controle e apreensão é essencial em prol da sociedade.

Assim, esse registro de grandes apreensões é um exemplo de que o estado ainda é rota para o tráfico de todo o país. O entorpecente mais coletado é a maconha cocaína.

Então, o principal registro atualmente tem relação com flagrantes de mulheres grávidas, com crianças pequenas. Este é muito usado, porque é mais fácil passar pelas rotas sem que a autoridade perceba.

Mulher gestante presa

Conforme, determinação da segunda turma do STF-Supremo Tribunal Federal, mulheres gestantes ou mães com filhos pequenos (até 12 anos), se beneficiam pela prisão domiciliar em contrapartida à preventiva. Ademais, esta medida é um habeas corpus coletivo que beneficiou e ainda beneficia todo o território nacional.

Combate ao tráfico

Com a finalidade de combater o tráfico, a Polícia Federal se disponibiliza às diversas operações em parceria com diversos órgãos. Junto disso, também tem o apoio da Força Aérea Brasileira. Este visa impedir a entrada de entorpecentes por vias aéreas.

Ainda como forma de prevenir e dissipar a circulação de entorpecentes, o ordenamento jurídico Brasileiro abarca algumas leis. A saber, um exemplo é a lei 11.343/2006 que instituí o sistema de políticas públicas sobre drogas no Brasil.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Ler mais