Diário Supremo
O seu site do dia a dia!

Susto em Congonhas: avião arremete para evitar encontro com aeronave na pista de pouso

No entanto, a aeronave conseguiu pousar com segurança logo em seguida

São José dos Campos, 18 de julho de 2022, por Marcos Eduardo Carvalho – Um avião da companhia aérea Gol precisou arremeter na manhã desta segunda-feira (18) no aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo.

Isso porque, quando se preparava para aterrissar, outro avião, da companhia aérea Latam, estava na mesma pista também se preparando para decolar. Com isso, os controladores de voo tiveram que avisar o que estava no ar para não pousar.

Na prática, o termo arremeter se refere ao momento em que o avião, quando está pronto para pousar, precisa novamente decolar antes de tocar no chão. Assim, isso acontece por diversos motivos. E o Diario Sp falará um pouco mais sobre o caso desta segunda na Capital.

Avião arremete sem vítimas

Com isso, o incidente na manhã desta segunda (18), por volta das 9h40, não deixou nenhuma vítima. Até porque se trata de um procedimento comum na aviação. Caso contrário, aí sim poderia haver algum problema mais sério.

No caso do avião que chegava a São Paulo, veio da cidade de Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul.

Segundo a empresa, a arremetida foi feita de forma segura. Isso porque, menos de duas horas depois, já pousou no local sem nenhum perigo aos passageiros e tripulantes.

Susto em Congonhas: avião arremete para evitar encontro com aeronave na pista de pouso. Foto: Canva
Susto em Congonhas: avião arremete para evitar encontro com aeronave na pista de pouso. Foto: Canva

No entanto, ainda não se sabe o motivo da aproximação dos dois aviões quase ao mesmo tempo. Por enquanto, a Latam, A Infraero, responsável pelo tráfego aéreo, e a direção do aeroporto de Congonhas não haviam se manifestado sobre o assunto. Mas, nas redes sociais, já há imagens de câmeras de segurança mostrando o momento em que o avião da Gol se prepara para aterrissar e arremete logo em seguida.

Atualmente, o aeroporto de Congonhas é um dos mais movimentados do país e é um dos dois da Grande São Paulo. O outro é o aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, o qual também faz voos internacionais comerciais de passageiros.

Tragédia em 2007

Coincidentemente, neste último domingo, dia 17 de julho, se completou 15 anos de um dos mais trágicos acidentes aéreos da história da aviação brasileira. E, justamente, no aeroporto de Congonhas, o que gerou diversas mudanças de protocolos de segurança e no trabalho dos controladores de voos no país.

Na oportunidade, um avião da companha TAM (que anos de pois se fundiu com a LAN e criou a Latam), também vindo de Porto Alegre, não conseguiu frear para pousar.

Consequentemente, saiu da pista e explodiu em um prédio do próprio aeroporto. Com isso, foram 199 mortos, sendo 187 a bordo do avião e outras 12 pessoas que estavam no solo. A tragédia gerou comoção nacional e repercutiu no mundo inteiro.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Ler mais